Dizem que chumbo trocado não dói, pode até ser verdade, só que vingança nunca foi solução de problemas, muitas vezes, foi a causa de muitos outros. É estranho numa sociedade que as pessoas não aceitem seus próprios erros, não reconheçam seu lado maldoso e tenha ditados populares tão carrascos.

Quem cria esses ditados? Nossas sombras? Alienígenas?

Esse tipo de atitude é a cara da hipocrisia, hipocrisia por hipocrisia e viva a falsidade! É a mania de alguns ao rotular e condenar pessoas que nem conhecem profundamente. É essa a sensação que tenho quando vejo pessoas brigando ou vejo casos como dos rapazes que tatuaram “Sou ladrão e vacilão” na testa do garoto que foi acusado de tentar roubar uma bicicleta. E que no final, descobriram que o garoto sofre de distúrbios psicológicos. No final quem se achava certo foi considerado errado.

Os justiceiros estão querendo tomar o lugar da Justiça e criando mais injustiça. “Que país é esse?” Onde vamos parar?

“Ninguém respeita a Constituição, mas todos acreditam no futuro da nação” e parece que ninguém percebe o mal que é capaz de causar a cada vez que faz uma crítica sem um argumento construtivo ou decide agredir alguém sem saber a realidade da situação.

Construir algo novo é complicado, reconstruir considero mais complicado ainda. É esse o motivo da nossa dificuldade em organizar o país. Porque é preciso desconstruir ideias e reorganiza-las de forma a tornar a nossa sociedade um lugar mais justo para viver.

Estou tentando a cada dia criar as minhas regras e com isso entender as minhas limitações para agir:

  • Pensar que a minha verdade não é a verdade do outro
  • Que o silêncio, na maioria das vezes, é a melhor ação
  • Que descobrir as minhas falhas e corrigi-las colabora com comigo e com todos a minha volta
  • Que cada um tem uma missão pra cumprir, nunca vamos seguir padrões.

Se quisermos viver num ambiente saudável e justo vamos ter que olhar para as pessoas a nossa volta e perceber se conseguimos ser imparcial com TODOS..

Se quiser ser útil a alguém pergunte antes se a pessoa realmente quer ajuda, se sim, procure saber o que ela precisa. Seja imparcial e não queira “receitar” pro outro o que deu certo na sua vida, essa pessoa talvez não viva na mesma realidade que você.

Antes de acusar ou condenar alguém procure saber porque a pessoa age determinada maneira, é uma ótima maneira de entender e ajudar quem supostamente erra, para que essa pessoa possa chegar a se arrepender e possa corrigir seu erro. Fazer pressão e ameaçar faz com que a pessoa continue errando e escondendo a verdade.

A hipocrisia está acabando com as nossas vidas. Vamos olhar a nossa volta e mudar essa história. Agora é a hora, o problema que te incomoda é problema seu. Se ignorar e continuar reclamando é sinal de hipocrisia.

 

Beijos de luz
Michelle Cruz
Se a luz não iluminar seu caminho que, pelo menos, fulmine as ideias ruins.