Quem aceita o outro que é diferente?
Quem olha pro seu semelhante com cumplicidade?
Quem tem coragem de aceitar que o outro pode ser melhor?
Independente de classe
De sexo
Ou religião

A desigualdade começa na mente
Em não respeitar quem é diferente
Em viver criando padrão
Exclusão
Gerando competição
Separando as pessoas
Como se todos fossem rivais
Os bons contra os ruins
Criando uma cultura de valores distorcidos
Onde basta ser famoso
Ou rico pra ser campeão

Até quando vão contar só uma parte da história?
E deixar prevaler uma única visão

Quem não consegue ver seu papel na desigualdade
Mesmo inconsciente é um cúmplice do caos social
Não há um só responsável pelos erros que ocorrem no mundo
É uma cadeia de fatos
Atos
Ações e reações
Que se repetem sem reflexão

É uma ignorância não pensar no passado
Quando se tenta corrigir no presente
É impossível ter um futuro diferente
Se continuar repetindo tudo
Sem reflexão

É hora de fazer uso da humildade
Do perdão
Do amor
E da honestidade
Para criar um ambiente mais justo
Em busca de união.

 

Sonhando com um mundo melhor, sou uma sonhadora… “Imagine”…

Beijos de luz,
Michelle Cruz
Se a luz não iluminar o seu caminho que, pelo menos, fulmine as ideias ruins.