Parece que nada tem solução, é como se tivesse um buraco do tamanho do mundo e eu vou caindo, caindo, caindo, caindo. É como não ter chão. O coração acelera, eu fico agoniada, pensando numa solução. Tudo remexe por dentro, dando vontade de gritar até que ocorra uma explosão, que acabasse com toda pressão. Com um nó na garganta e sem estratégias ou um plano, não tenho como tomar uma decisão. Minha vontade é de sair pelo mundo, ignorando todos os absurdos, cruzando o céu feito um trovão. Andando por um mundo novo, respirando os avessos e inversos, descobrindo outras formas de encarar a vida com paixão. Tenho sensação de que se não acontecer alguma mudança vou pirar ou entrar em depressão. Automotivação é importante pra se fortalecer, mas, não tem preço quando alguém segura minha mão. A solidão faz parte da vida, quase sempre é produtiva, em excesso é ignorância e falta de atenção. Não há razão para vida se não não houver uma grande motivação. Uma forma de ação. Uma salvação.