Minha Guerreira! Minha vó e mãe! Minha cUmpanheirinha de sofá e de viagens! Foi minha e de todos que tiveram o prazer de conhece-la. Há cinco anos ela partiu. A saudade é imensa, o orgulho que tenho dela é gigantesco. Hoje, meu choro é de alegria, porque ela foi muito especial pra mim. Eu não suportaria o dia de hoje se eu não tivesse convivido com ela. É a mulher que após falecida ainda está influenciando a minha história.

Ela não veio a passeio, ela cumpriu a missão dela e me ajudou a escrever a minha história!

Muito amor e gratidão!

Beijos de luz,
Michelle Cruz