Passei boa parte da minha vida cristã ouvindo a pergunta “Por que as pessoas que não são cristãs prosperam e eu não?”. Pelo simples fato de que Deus ama a todos os seus filhos. Todos são todos, as pessoas que leem e conhecem a Bíblia, que frequentam uma igreja e os que não frequentam. Deus deu a semente da fé a todas as pessoas. E a questão de prosperar ou não é um aproveitamento individual. Depende do esforço de cada pessoa. Esse questionamento é injusto. Quem questiona está julgando alguém a quem ela não conhece a conduta, nem o coração, nem a mente, só a aparência. E a aparência para Deus não é algo que deva ser valorizado. Porque Deus realmente conhece o nosso coração. Como na passagem do Salmo 139:23-24.

Sonda-me o coração.jpg

Se existe alguém humano que consegue avaliar o coração do outro é um ser contra a Palavra de Deus. Julgamento e condenação são poderes divinos. Ninguém terreno deveria se achar poderoso para fazer justiça com a própria voz e mãos. Podemos analisar a conduta do outro, não devemos andar com pessoas que não coincidam com a nossa filosofia de vida. Mas, isso só após ver e realmente saber do mal procedimento do outro, não apenas de ouvir uma pessoa fofoqueira falar. Segundo a lei do nosso país, uma pessoa só é culpa de algo quando mostram provas concretas do erro dela. E o que mais se vê são pessoas jogando opiniões ao vento sem nenhuma prova. Isso é um erro! É injusto! E muitas vezes, causando injustiças irreversíveis.

A fé é uma ação individual. Deus não compara seus filhos. Dá oportunidades a todos. Aproveita e segue com Ele quem quer!

Jesus bate a porta, Ele não arrebenta a porta do coração de ninguém. Se existem pessoas dizendo que alguém precisa aceitar a Palavra de Deus, caso contrário, vão morrer, está falando do seu próprio ego. Deus não ameça ninguém. E se Ele tiver que exortar alguém, Ele mesmo levará a mensagem a quem for necessário, através do Espírito Santo. Quem é porta voz desse tipo de desgraça não é representante de Deus. Deve ser de qualquer outra coisa!

Agora, se você foge de ter uma vida espiritual, de orar, de exercitar sua fé, se sente perdido e não experimenta viver reconhecendo a Deus. Isso é uma opção individual. E se foge por medo está perdendo a chance de conhecer algo, um poder divino, transformador. Uma forma de resolver seus problemas e ansiedades.

O que vale pra Deus é o que você faz quando ninguém pode te ver, o que você faz no seu quarto sozinho, o que você pensa quando não tem mais esperança, o que você anseia pra você e sua família. As aparências durante um tempo podem garantir suas alegrias. Se caso essas atitudes não forem verdadeiras, atitudes de coração, não irá encantar ninguém. E será como um castelo construído na areia. Vai afundar e sua beleza vai sumir.

A vida é feita de escolhas. Ficar olhando para que os outros fazem e conseguem ou olhar pra si e buscar o seu melhor, seu crescimento individual: espiritual e pessoal.

Beijos de luz,
Michelle Cruz

Obs.: Se o beijo de luz não iluminar seu caminho que fulmine as ideias ruins. 😉 ❤