As pessoas tem o direito de ser o que quiserem ser, de fazer o que querem. De realizar seus sonhos! E deve aprender a driblar a negatividade! Já pensou que o que falta pra ser feliz é “sair do armário”?

Sempre que se fala de “sair do armário” já se pensa em uma pessoa homossexual, em alguém que não se assumi como gay. A questão que quero levantar não é sobre opção sexual! Na realidade, essa questão é para todas as pessoas que ainda não encontraram sua felicidade, elas deveriam pensar que seu problema, de repente, é a falta de coragem e determinação para se revelar. Sair do esconderijo, da zona de conforto, do cantinho da tristeza.

Sair do armário é ter sensibilidade de se importar com seu próprio mundo. Entender suas reais vontades e desejos. E nunca desistir de se realizar, mesmo, quando a sua volta as pessoas não o entendem.

O ato de sair do armário, “pensar fora da caixa”, é necessário a todo ser humano que sonha em ser feliz. As pessoas que se preocupam com suas próprias vidas, ao invés, de olhar a vida do outro conseguem experimentar a felicidade com mais facilidade. O ato de querer dar ordem na vida do outro é o reflexo da falta de coragem de dar ordem em sua própria vida.

E não basta sair do armário, falar pra todo mundo o que quer fazer ou dizer o que pensa que é! É preciso colocar ordem no armário, “dar ordem na casa”! Viver realmente o que se quer e não, simplesmente, obrigar as outras pessoas a abracem uma ideia, na esperança de que alguém faça por você o que só você quer e pode fazer.

Sonhar é um ato individual, realizar pode até ser uma atividade que una um grupo.
É preciso ter claro que, muitas vezes, as pessoas que estão à nossa volta, familiares e amigos próximos, nem sempre serão as pessoas que te ajudarão a realizar os grandes sonhos. E isso não é porque eles não querem, ou sejam pessoas ruins, é pelo simples fato de terem outras prioridades e sonhos diferentes. E tudo isso é muito normal! Pelo menos, deveria ser normal.

E na hora de colocar “ordem no armário”, em busca de novos horizontes, é preciso ser determinado, aceitar as mudanças. E não é apenas mentalizar o bem, é preciso fazer o bem, e bem feito! Seguir o caminho mais correto e proveitoso pelo percurso definido.

E essa decisão não é feita em um dia. É uma decisão que tem que ser renovada todos os dias. Não existe milagre sem perseverança, dedicação e boas ações.

E falando em ações, elenquei alguns pontos para colar no mural e ler todos os dias como se fosse mantra:

– Ame-se e se respeite! E daí, você começará a amar o próximo e respeitar o outro também. Somos semelhantes. Ninguém briga com seu espelho, não é? Por que precisa brigar com alguém parecido com você? Não é preciso ser indiferente com quem é diferente.

– Anote em um caderno tudo o que quer fazer nessa revolução de “sair do armário”. Planeje como irá cumprir o que anotou. E qualquer que seja o plano faça com calma, nada de mudanças bruscas e radicais. Opte por fazer coisas que realmente goste e não o que todo mundo está fazendo.

– Procure atividades que goste de fazer. Pode ser dança, leitura, escrever ou meditar. Descubra a sua paixão! Só descobrimos o que realmente gostamos experimentando. E é proibido dizer “não tenho mais idade para isso ou aquilo”. É sempre tempo de começar ou recomeçar uma atividade. Todo mundo tem condições de aprender uma atividade nova, só não é possível passar a vida se comparando a um profissional (um especialista de algo que você almeja) e achar que o mundo é dividido entre dois tipos de pessoas, os perfeitos e os imperfeitos. Os que são rotulados de perfeitos tiveram dias de imperfeições, isso faz parte do crescimento, do desenvolvimento do ser humano.

– Aprenda a falar não, seja sua prioridade. Primeiro resolva as suas obrigações e depois tente ajudar os outros. É melhor que as pessoas falem que você é uma pessoa bem sucedida e que fala não, mas se tornar um exemplo bom. Do que ser uma pessoa conhecida por ter bom coração que ajuda todo mundo e é mal sucedida, vivendo frustrado.

– Busque conhecimento e vivência com a área que sonha em trabalhar ou do seu hobby. Isso é importante, especialmente, quando uma pessoa negativa cruzar seu caminho e disser “esse negócio não vai dar certo”, você esteja tão confiante que não dará valor e continuará firme em seus propósitos.

– E tenha fé! Acredite no impossível! E faça o possível todos os dias! E com certeza a mágica da realização vai acontecer.

E que a cada dia mais e mais pessoas entendam o valor de “sair do armário”, com relação a suas próprias vidas. Sem se preocupar com a vida do vizinho!

Se ainda não saiu do armário, saia já! E seja feliz!

Texto primeiramente postado no site Obvious, na página INconvencional -http://obviousmag.org/inconvencional/2015/08/sair-do-armario.html#ixzz3oNq93vM0