“Confessionário”, estórias de histórias. Algumas nos fazem chorar, outras rir e até repensar na vida. Essa estória é de uma princesa muito bem educada.

Eu sou uma princesa! Uma princesa do mundo real! O meu reino não é encantado, no meu reino existem pessoas que encantam. Encantam com suas atitudes. Encantam vivem bem consigo mesmas e amam a vida que tem. Vivem para serem felizes e não para ludibriar ninguém.

E eu estou recebendo os ensinamentos para ser uma perfeita representante da minha cultura e da minha família. Um dia serei uma rainha, como a minha mãe. Minha mãe sempre me tratou como uma verdadeira representante da realeza. Ela está me preparando para ser uma rainha, como ela. Para que eu possa continuar honrando a tradição da nossa família. Amar a si mesmo e refletir aos outros o bem que existe em nós. É o lema do nosso reino.

Adoro minha vida de princesa, muitas pessoas não gostam. Ser princesa no meu reino é muito diferente do que muitas pessoas falam. Muitos acham que a vida de princesa é passar o dia apenas olhando o tempo passar. E viver na mordomia. E não é assim! Ser princesa é ter agenda cheia e ter muitas responsabilidades.

A melhor parte de ser princesa é a liberdade de optar pelas coisas que eu quero para a minha vida. É claro, minha mãe sempre coloca regras, são responsabilidades da rainha! Eu tenho que cumprir várias tarefas, todos os dias. Como arrumar meu próprio quarto, cuidar do jardim na minha varanda, cozinhar uma vez por semana, entre outras coisas. Minha mãe sempre diz que quem não sabe fazer, não sabe dar ordens. E ela está certa! Como posso dar ordens para alguém fazer algo que eu nem sei fazer? É no mínimo estranho! Injusto!

Algumas pessoas da minha família descumpriram as regras. Minha mãe não gosta que eu fale deles. Mas, minha tia descumpriu todas as suas obrigações e decidiu por caminhos ruins. Ela não se dedicava a cumprir suas tarefas como uma boa princesa, quando ficou mais velha, ficou desesperada. E casou com um rapaz que se dizia príncipe, que mais parecia um sapo. Ele é um homem bonito, mas fala tudo errado. Ela tem vergonha dele, mas, agora, casada não fala mais nada. Vive muito distante de nós. Por vergonha de suas decisões. É muito chato! Tudo na vida tem um preço, seja a tristeza ou a alegria.

No próximo mês vou completar 18 anos e minha mãe está organizando uma festa especial. É uma festa de comemoração do meu aniversário e despedida, pois vou sair do reino. Eu vou fazer a minha primeira viagem sozinha representando o nosso povo. Vou conhecer outras culturas, morar um tempo longe deles. Minha mãe diz que vai ser um momento muito importante na minha vida. Que vai dar saudade e que devo ser firme e corajosa. Eu não estou acostumada a viajar por um longo período sozinha. Essa é a minha hora de cortar o laço, o cordão umbilical. E viver a liberdade que eu tanto gostei, é estranho falar disso. Eu sempre gostei da liberdade que me deram, mas, agora que tenho mesmo que partir eu sinto um frio na barriga, como se eu não quisesse mais. Parece que eu sempre quero fazer o contrário do que as pessoas querem, mesmo assim, com medo, eu vou seguir nessa viagem. Eu preciso aproveitar a minha liberdade.

E uma última coisa que eu quero contar, antes que eu esqueça! Outra mentira que contam sobre as princesas é que elas passam a vida procurando um príncipe para casar. E isso não é verdade! Minha mãe disse que o amor verdadeiro a gente pode encontrar em qualquer lugar. Só precisamos estar fazendo o que verdadeiramente queremos e um dia ele vai cruzar nosso olhar. Que essa lenda de que sapo vira príncipe depois de um beijo pode dar sapinho na boca, mas não serve para garantir bom casamento. E que amor verdadeiro tem haver com afinidade, bom relacionamento diário, amizade, olho no olho e muita sinceridade. E que antes de pensar em casar precisa passar pelo crivo do rei, o meu pai. Eu não fico preocupada. Meu pai é muito amável comigo. Ele sempre diz que se eu prestei atenção em todos os ensinamentos da vida eu terei condições de decidir o que for melhor pra mim. E o que me fizer feliz o fará feliz também. Ele respeitará as minhas decisões.

Eu amo ser uma princesa com todas as responsabilidades. E fico feliz quando as pessoas me dizem que ficam encantadas com as coisas que eu faço. Receber o carinho de que as pessoas estão felizes comigo é meu melhor prêmio. E significado que estou crescendo e sendo feliz, fazendo feliz aqueles que estão ao meu lado.